sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Aplicação e o significado das cores

Cores - Introdução 
A cor é luz, energia. Traz em sua substância o poder de renovar, embelezar, gerar bem-estar. Não é por outro motivo que a escolha das cores reflete sempre um estilo de vida. Usadas com equilíbrio e bom gosto são. Talvez por isso, a tendência mundial aponte hoje para o uso de cores variadas e intensas em moradias, prédios, cidades. Está decretado o fim da frieza dos espaços urbanos. Essa tendência deve-se em grande parte à indústria de tintas que, cada vez mais, oferece novos produtos para novas aplicações, acabamentos e texturas.
           
As cores em relação ao espaço
A cor altera a percepção de distância, volume e peso. Uma parede escura parece mais próxima. Um objeto branco parece maior. As cores escuras, ao contrário, diminuem o volume.
As pessoas atribuem pesos diferentes ao mesmo objeto pintado com cores diferentes: um abajur branco parecerá mais leve que um abajur de cor escura. As combinações de tons servem para criar efeitos, como diminuir um ambiente para torná-lo mais aconchegante ou ampliar espaços apertados. Pode-se aumentar visualmente um ambiente com tons neutros ou amarelos bem clarinhos nas paredes. É possível rebaixar um teto muito alto com um tom mais escuro que o das paredes. Para elevar o teto, basta pintá-lo numa cor mais clara. Para dar a sensação de que um corredor é mais largo, é só pintar o teto numa cor mais escura que a das paredes. Cores quentes deixam o ambiente mais aconchegante.


As cores nos ambientes
No momento em que vamos fazer a escolha das cores para os ambientes, podemos usar um esquema específico baseado nas pessoas que vão viver neles e em como eles serão utilizados.
Podemos Questionar:
- Que tipo de atividade será realiza no espaço?
- Quanta luz ele recebe?
- Você quer basicamente um ambiente quente ou frio nesta área?
- Você está diante de um ambiente vivo e estimulante, ou calmo e tranqüilo?
- O teto é alto ou incomumente baixo?
- Você quer ampliar o tamanho deste aposento ou fazer com que ele pareça menor?
- Qual a configuração básica do aposento? Ele é estreito e longo, ou largo e curto?
Banheiro:
Devemos evitar o preto, a não ser em pequenos detalhes.
Se optarmos por cores escuras, podemos colocar plantas para amenizar e dar vida.
Rosa ou Pêssego: é uma relaxante e traz muito calor ao ambiente.      Amarelo: é a cor da criatividade, inspira novas idéias.
Azul: muito relaxante em tons avermelhados e esverdeados, porém em tons acinzentados
podem despertar introspecção a até tristeza.


Cozinha:
É um dos lugares mais importantes da casa. É onde a família se reúne para comer, conversar, relaxar, por isso devemos fazer dela um ambiente que propicie descontração e convívio.
Rosa e Pêssego: estimula o afeto e a comunicação dos    membros da família.
Pêssego, Laranja e Damasco: Ativam a criatividade e o interesse em servir melhor e faz aumentar o interesse pela casa.
Vermelho: altamente emocional e estimula tanto sentimentos positivos quanto negativos, portanto devemos usá-lo com cautela, ou seja, de acordo com a personalidade dos moradores.
Azul: Por ser uma cor fria, pode causar certo distanciamento.
Amarelo Forte: Estimula refeições rápidas e a falar muito enquanto comemos. Pode ser estressante.
Hall:
Quando entramos numa casa, o hall é o primeiro lugar por onde passamos nos dá as boas-vindas e transmite um pouco dos modos de vida dos donos da casa. A cor é uma linguagem que faz afirmações a nosso respeito, portanto devemos usar uma cor que irradie energia de acordo com os moradores.
Amarelo: Associado ao intelecto e inquisição mental
 Verde-Maça: Família, crianças.
Rosa: Calor, afeto.
Azul: Independência, auto-suficiência.
Vermelho: Pioneirismo, ousadia, pessoa que gosta de ser notada.
 Quarto:
A cor a ser escolhida deve ser fria e relaxante, para descansar antes de dormir. Uma tonalidade mais fria "esfria" imediatamente a atividade nas células do cérebro ajudando a reduzir a atividade incessante da mente. Quando dormimos absorvemos energia rapidamente, de maneira que as cores escolhidas para o quarto nos afetam profundamente.
Azul Hortência: Acalma as emoções e ajuda a relaxar e vai bem com o pêssego, salmão e rosa.
Amarelo: Estimula o pensamento, o raciocínio e a comunicação, portanto é mais indicado para ambientes sociais.
Verde Pálido: Ajuda a equilibrar o ambiente e tem função anti-estresse, combinado a uma cor quente dará ótimos resultados.
Quarto Infantil:
No quarto das crianças podemos abusar de tons pastéis e usar cores mais fortes e desenhos variados em meia parede ou nos armários.
Até a criança completar 18 meses deve evitar as cores muito fortes, pois podem deixar o bebê muito agitado.Neste período, aconselha-se usar tons claros de rosa a azul.
O teto pintado de azul claro ajudaria a criança a ter um sono repousante.
Sala de Estar:

A sala de estar deve ter vários padrões diferentes. Como é um lugar onde se recebe visitas, deve ter vários estímulos visuais para manter a atmosfera e a conversa viva e diversificada.
Pode-se usar o amarelo, laranja, vermelho com o verde e azul como complemento.
Sala de Jantar:
Neste ambiente podemos criar atmosferas diferentes com o uso das cores.
 Amarelo: Estimula o ego, as pessoas tenderão a dizer mais o que pensam, provoca conversas estimulantes.
Azul: Propiciam conversas sérias, sóbrias, sobre negócios.
Vermelho: Proporciona uma sensação de intimidade e a conversa será mais pessoal.
Espaços Altos:
Dica: Para rebaixar a altura do pé direito, pinte o teto da mesma cor das paredes ou um tom mais escuro para um rebaixamento maior.
Espaços Baixos:
Dica: Para aumentar a altura do pé direito, pinte o teto com uma cor mais clara que as paredes ou branco.
             
Espaços Amplos:
Dica: Para reduzir ambientes amplos, recomenda-se pintar o ambiente todo ou duas paredes (uma de frente para a outra) em um tom mais escuro. Uma outra possibilidade, é rebaixar o pé direito com a utilização de uma cor mais escura que as paredes.
                                    
Espaços Estreitos:
Dica: Para que o ambiente pareça mais amplo, utilize uma cor pastel ou brilhante nas paredes e teto. Ao pintar uma das paredes menores de um tom mais escuro o ambiente parecerá menos estreito.
                
Espaços em “L”:
Dica: Para estes ambientes, pode-se delimitar visualmente os ambientes utilizando cores contrastantes em uma das paredes.
                      
A Influência psicológica das cores
Vermelho: é uma cor que tem bastante energia. Faz as pessoas sentir-se intrépida, ousada, poderosa, corajosa. Todos nós precisamos de um pouco de vermelho em nossa aura para motivar-nos. Seus tons e matizes sugerem muitas características. Desde a determinação e vontade de cuidas dos outros à insensibilidade, violência e egoísmo. Quando esta cor é usada com equilíbrio, seu efeito é muito positivo. Para isso devemos usar o verde, o amarelo dourado que significa sabedoria ou o azul que vai esfriar um pouco o vermelho. Locais como o teatro, restaurante, bares e cassinos podem ser deliberadamente decorados com vermelho, pois esta cor estimula o apetite e nos faz perder a noção do tempo.
Influência da cor vermelha na:
Roupa:
Auto-proteção, afirmação e expansividade.
Decoração:
Contrai os espaços, excitação e audácia.
Personalidade:
Energia, paixão e atividade.

Tons de rosa: Mistura de branco com vermelho. Tons rosados proporcionam calor, afeto e podem ser relaxantes. O tom róseo mais quente tem efeito positivo, pois tornam as pessoas mais ativas e desejosas de progresso. Ideal para serem colocadas em casa ou asilos de pessoas idosas, pois não vão permitir que essas pessoas fiquem apáticas ou percam o interesse pela vida, ao contrário vão causar uma mudança de personalidade onde essas ficaram mais ativas e vigorosas.

Laranja: Ajuda a pessoa a despertar seu potencial, defender seu próprio ponto de vista a ser mais confiante. Os tons mais pálidos desta cor estimulam a comunicação das pessoas, bem como a descoberta e o desenvolvimento da criatividade. É uma cor de grande vitalidade e pode ser usada em lanchonetes, restaurantes, etc. O laranja escuro deve ser usado com moderação, pois pode causar uma sensação de desamparo e insegurança. O laranja claro proporciona uma sensação de conforto, alegria e expressividade. Todos os artistas criadores deveriam usar esta cor, principalmente acompanhada do azul.
Influência da cor laranja na:
Roupa:
Florescente, ousado e vivaz.
Decoração:
Enaltecedor, expressivo, comunicativo e aconchegante.
Personalidade:
Espontaneidade, confiança e amor.

Amarelo: Também uma cor de grande energia, pois é associada com a luz do Sol. É quente, expansiva, ativa a mente a abrir novas idéias. Ajuda na aprendizagem, pois afeta o plexo solar (núcleo do sistema nervoso central que é um dos principais centros provedores de informação do cérebro). Essa cor alimenta o ego, mais em demasia pode tornar a pessoa "egocêntrica". O amarelo e o branco juntos devem ser usados com parcimônia, pois podem causar uma sensação de insegurança e instabilidade. Devemos usar com moderação os tons de amarelo escuro, como a mostarda, pois em demasia podem exercer em efeito negativo como pessimismo e negatividade. Pode ser usados em halls corredores e lugares de pouca luz, pois ele dá uma sensação do espaço. Esta cor é associada com o intelecto, as idéias e a inquirição mental.
Influência da cor amarela na:
Roupa:
Atenção, leveza e otimismo.
Decoração:
Espaçoso, positivo e brilhante.
Personalidade:
Glorioso, comunicativo, benevolente, alegre e ordenado.

Verde: É a cor do equilíbrio e da harmonia. Ajuda a reduzir o estress e a tensão, pois é um meio de baixar a pressão arterial. É uma cor que está associada com a auto-estima e nos ajuda a fluir com os conhecimentos, dando uma sensação de liberdade e fluidez. É relaxante e repousante, mas não deve ser usada sozinha, pois pode deixar o ambiente estático. O verde-escuro proporciona uma sensação de força e estabilidade. O verde-claro é ótimo para crianças, que geralmente o adora. Ele afeta a área do coração e nos ajuda a ser mais afetuosos. O verde-maça indica uma casa onde se dá importância às crianças, à família e aos animais. Pode indicar também pessoas que tende a acumular posses e não jogar nada fora. O verde usado nas cores mais claras irradia uma energia de relaxamento e paz. É uma cor que está ligada à auto estima.
Influência da cor verde na:
Roupa:
Calmante, cauteloso e seguro.
Decoração:
Repousante, neutralizante e suavizante.
Personalidade:
Liberdade, harmonia, compreensão e proteção.

Azul: O azul é uma cor terapêutica, que relaxa, acalma e esfria. Ele pode ser associado à lealdade, integridade, respeito, a responsabilidade e a autoridade, Mas usado em demasia, pode deixar o ambiente frio, pode fazer com que a pessoa fique indiferente, retraída e com sono. O índigo pode trazer a tona velhos medos, portanto deve ser usado com o rosa. O azul escuro e profundo é uma cor que remete a integridade e honestidade. As pessoas que se entregam a mentira e são desleais não costumam se sentir em um ambiente com esta cor, pois ela tende a fazê-las sentir-se culpadas. Ele pode ser usado com amarelo para ativar a mente e a intuição com o vermelho para manifestar as emoções, com o rosa para trazer a tona o lado afetuoso e com o pêssego para estimular a criatividade.
Influência da cor na:
Roupa:
Aceitação, ordem e conservação.
Decoração:
Repousante, expansivo e refrescante
Personalidade:
Profundidade, confiança, honestidade e tranqüilidade.

Violeta: Ou as pessoas o odeiam ou elas o amam... Essa cor tem uma vibração muito rápida e estimula o lado artístico. Ele é associado a ideais nobres como devoção e lealdade. Quando usado com o amarelo estimula a introspecção para encontrar nosso eu. Quando usado com o verde nos estimula a generosidade e caridade. De todas as cores o violeta é a mais poderosa, afeta muito as pessoas, portanto devemos usá-la com critério. O violeta claro deve ser usado sozinho, pois pode causar desinteresse da pessoa pelo mundo.
Influência da cor na:
Roupa:
Dignidade, extravagância e prodigalidade.
Decoração:
Introspectivo, curativo e confortante.
Personalidade:
Modéstia, humildade, intuição e poder.

Púrpura: Ativa as emoções básicas e para não causar desequilíbrio, deve ser usada com o verde.

Magenta: Cor muito animadora. É viva e dramática e estimula as pessoas a tomarem decisões. Deve ser usada, pelo menos nos detalhes, em empreendimentos comerciais. Grande harmonia quando usada com o verde.
Influência da cor na:
Roupa:
Suavidade, amor e nutrição.
Decoração:
Proteção, sustentação e complacência.
Personalidade:
Maturidade, benevolência, compaixão e graça.

Turquesa: É uma cor extremamente repousante e relaxante, mas deve ser usada sempre acompanhada de uma cor quente. Na cromoterapia é usada como meio de acalmar o sistema nervoso.
Influência da cor na:
Roupa:
Refrescante, acessível e jovial.
Decoração:
Espirituoso, enaltecedor e calmante.
Personalidade:
Clareza, exuberância e transformação.

Marrom: Cor que nos proporciona a sensação de que tudo é permanente, sólido e seguro. É a cor da estabilidade quando usada no seu estado natural tal qual nos móveis, etc. Transmite energia positiva.

Cinza: Embora muitos digam que é uma cor de neutralidade, seu efeito não passa despercebido. Ela é associada ao medo e a negatividade, portanto devemos usar seus tons mais claros e sempre acompanhados com cores quentes.

Branco: Realça todas as cores. Podem fazer com que elas ganhem luminosidade e vida. Um ambiente todo branco pode dar a sensação de falta de força e profundidade.

Preto: É imponente, mas só quando usado com outra cor. Do contrário pode nos deixar indiferente, inacessíveis e prepotentes ao extremo.



Cor em ambientes Hospitlar
Ambientes hospitalares, tendo em vista que o objetivo daqueles que trabalham em tais espaços é o aumento da qualidade de vida do homem, já que os hospitais abrigam pessoas que lidam com fortes emoções: nascimento, doença, risco de morte e morte. Por essa razão, a cor passa a ter significado diferente para pacientes, acompanhantes e funcionários, devendo, portanto, ser valorizada pelos profissionais que estão envolvidos com o planejamento hospitalar.
A cor pode ser entendida como sensações visuais provenientes do reflexo da luz sobre
os objetos. As superfícies dos corpos exercem uma ação seletiva em relação aos raios
luminosos, absorvendo-os ou refletindo-os. Em última análise, apenas a sensação provocada
pela ação da luz sobre a visão, quando se varia a qualidade, a quantidade, a forma e o
posicionamento das áreas coloridas, provoca respostas com diferentes intensidades. Cada
estímulo visual tem características próprias, possuindo tamanho, proximidade, luz e cor. A
percepção visual, portanto, é distinta para cada pessoa. Melhor o paciente, oferecer-lhe mais qualidade de vida e perspectiva de recuperação e, nesse sentido, a cor, hoje, deve ser vista como um elemento que participa dessa mudança uma vez que proporciona bem-estar e tranqüilidade.
A harmonia visual bem como o equilíbrio cromático dependem do tamanho e da forma
da área revestida. Assim, algumas cores atraem, outras repelem – isso quando a cor utilizada
não for apropriada àquele espaço – podendo, também, transmitir sensações de calor ou de frio, agitar ou inibir as pessoas.
 Abaixo, pode-se observar os principais graus de reflexão em percentual do fluxo
luminoso incidente nas cores, segundo Grandjean (1998, p.311)
Cor e materiais e Reflexãoem %                         
Branco.                                                                                                              100
Alumínio, papel branco.                                                                                     80 - 85
Marfim, amarelo limão forte.                                                                           100 - 75
    Amarelo forte, ocre claro, verde claro, azul pastel, rosa claro,“tons cremes”      60 - 65                                                                                                  
Verde limão, cinza claro, rosa, laranja forte, cinza azulado.                         50 - 55
Caliça, madeira clara, azul celeste.                                                                 40 - 45
Madeira de carvalho clara, concreto seco.                                                     30 - 35
Vermelho forte, verde grama, madeira, verde oliva, marrom.                       
20 - 25
Azul escuro, vermelho púrpura, castanho, cinza ardósia, marrom escuro. 
10 - 15
Preto.                                                                                                                     0

São recomendados os seguintes graus de reflexão, para um bom conforto visual
(GRANDJEAN, 1998, p.227):
Teto 80 a 90%
Paredes 40 a 60%
Móveis 25 a 45%
Máquinas e aparelhos 30 a 50%
Pisos 20 a 40%

Deve-se utilizar combinação de cores nas unidades de saúde. As tonalidades quentes
ou frias devem ser equilibradas. Com a predominância das tonalidades quentes, quando não
excessivamente estimulantes, mas o suficiente para manter os pacientes despertos e os
funcionários com uma boa produção, o local fica com aspecto vivo e animado, e pode-se dizer o mesmo dos pacientes e funcionários.
Abaixo pode-se observar um quadro com os efeitos psicológicos de algumas cores,
segundo Grandjean (1988, p.313)
Cor, Efeito de distância, Efeito deTemperatura e Disposição psíquica               Azul - Distância Frio - Tranquilizante
Verde - Distância Frio a neutro - Muito tranqüilizante
Vermelho - Próximo Quente - Muito irritante e intranqüilizante
Laranja - Muito próximo Muito quente - Estimulante
Amarelo - Próximo Muito Quente - Estimulante
Marrom - Muito próximo - Contenção
Neutro - Muito próximo - Estimulante
Violeta - Muito próximo - Agressivo.

 Ambientes hospitalares, tendo em vista que o objetivo daqueles que trabalham em tais espaços é o aumento da qualidade de vida do homem, já que os hospitais abrigam pessoas que lidam com fortes emoções: nascimento, doença, risco de morte e morte. Por essa razão decidi conceituar o projeto com base nas sensações psíquicas existentes nos pacientes e nos funcionários. Todo o projeto foi baseado para transmitir conforto; iluminação adequada, equilíbrio entre cores que transmitem a tranqüilidade e são estimulantes, boa disposição do layout, espaço aberto com muito verde. Um ambiente com estas características com certeza trará um resultado positivo para aos dois campos de pessoas que estamos tratando.


Outros Links sobre cores:
http://www.suvinil.com.br/Tendencias2010/index.asp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário